CRAS DE SÃO VICENTE DE PAULO FECHA AS PORTAS APÓS CALOTE DA PREFEITA LÍVIA DE CHIQUINHO

CRAS DE SÃO VICENTE DE PAULO FECHA AS PORTAS APÓS CALOTE DA PREFEITA LÍVIA DE CHIQUINHO

O governo que deu calote nos servidores contratados da gestão anterior e não efetuou o pagamento dos salários, conforme recursos disponibilizados em caixa através da repatriação do governo federal, agora deixa de pagar os contratos de locação de imóveis, como é o caso das instalações do CRAS de São Vicente de Paulo.

O marido da prefeita Lívia de Chiquinho é um exemplo do que não se pode fazer na administração pública, já que até setembro de 2016 ele devia mais de R$ 4 milhões de reais na Dívida Ativa do Município de Araruama.

Como se comprova todos os dias, Chiquinho do Atacadão tem levado a sua esposa para o fundo do poço e se não bastasse a condenação em primeira instância por FRAUDE ELEITORAL, agora ela está ganhando a fama de CALOTEIRA.

É importante lembrar que os Centros de Referência de Assistência Social eram modelos de atendimento aos usuários do Bolsa Família e todos aqueles que participavam das oficinas e cursos oferecidos pelas unidades. Os CRAS geravam trabalho e renda. Em São Vicente de Paulo, por exemplo, a Padaria Cidadã formou vários padeiros.

O fechamento da unidade mostra a falta de comprometimento do governo de Lívia de Chiquinho e principalmente do secretário da pasta, vereador Paulinho Correa Junior, com os projetos de grande social e, em especial, com o povo vicentino. Adeus ao pão de cada dia!

Fonte: Diário de Araruama

Comments

comments

Você também pode gostar...